APÓS PADRE SER ESFAQUEADO, LOJA DENTRO DE CONVENTO EM CAMPOS É ASSALTADA


Poucos dias depois de o serviço de segurança começar a funcionar dentro do Santuário Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, localizado no Parque Rosário em Campos, após o padre Élio Athayde, de 82 anos, ser esfaqueado, uma loja de produtos religiosos que fica dentro do convento foi assaltada, por volta das 9h30 desta segunda-feira (24), por um homem que portava uma arma de fogo.

De acordo com a Polícia Militar, um celular e R$ 200 foram levados pelo criminoso, que cortou uma das mãos ao dar um soco para quebrar uma porta de vidro no local. O ladrão usava uma camisa listrada em branco e preto, calça jeans e óculos escuro. O telefone pertence a uma funcionária da loja, que estava sozinha no local. Ela foi encaminhada à 134ª Delegacia de Polícia (Centro) para registrar a ocorrência. — Ele chegou aqui e parecia ser um fiel, mas vi o momento em que ele começou a agir estranho. De repente, ele quebrou um vidro e assaltou a mulher. Estamos todos assustados. É o segundo caso sério que acontece em um intervalo de poucos dias. Os bandidos são tão ousados que até com segurança na igreja praticam roubos — contou uma testemunha, que trabalha na igreja. 

Policiais militares fazem buscas na região e em unidades de saúde próximas, na tentativa de localizar o criminoso. Pelo menos quatro viaturas e uma moto patrulha estão envolvidas nas buscas. 

O segurança do Convento contou que fazia ronda dentro da igreja, quando o assalto aconteceu na loja. De acordo com ele, as imagens das câmeras de segurança serão analisadas, na tentativa de identificar o criminoso. A administração de um edifício próximo ao Convento também cederá as imagens do sistema de segurança.

— Penso que isso é o preço que a gente paga pelo fato de o Santuário ser uma casa aberta para acolher todo mundo. Então, em meio às pessoas que vêm para fazer suas orações, ler a Bíblia, vêm pessoas também com intenções não muito boas. E certamente já estava olhando como era o funcionamento do Santuário, do Convento, e aproveitou a oportunidade hoje, que é um dia um pouquinho mais tranquilo na parte da manhã, para assaltar — ressaltou o padre José do Carmo Zanbom, reitor do Santuário, que afirmou que o Santuário deve reforçar a segurança nos próximos dias.

Padre esfaqueado — O padre Élio da Silva Athayde, de 82 anos, foi esfaqueado nas costas, na manhã do dia 28 de agosto, dentro do Santuário Nossa Senhora do Perpétuo Socorro (Convento Redentorista), localizado na rua Visconde de Itaboraí, no Parque Rosário. A vítima teve uma perfuração no pulmão e foi socorrida por uma equipe do Corpo de Bombeiros para o Hospital Ferreira Machado (HFM) e depois transferida para uma unidade hospitalar particular, de onde recebeu alta três dias depois. O suspeito é um homem que vigia carros no local. Ele fugiu, mas foi perseguido por um funcionário do Santuário, que acionou a Polícia Militar, e acabou sendo preso na avenida Nilo Peçanha.

Em busca de mais segurança, o Santuário Nossa Senhora do Perpétuo Socorro passou a contar, no dia 12 de setembro, com serviços de segurança dentro da igreja, o que não impediu o assalto nesta segunda-feira. Fonte: Folha 1


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

PREFEITA MARGARETH SOARES ANUNCIA SEGUNDA METADE DO 13º E ABONO DE FIM DE ANO

IFF ABRE VAGAS PARA PROFESSOR SUBSTITUTO

ESTADO DO RIO ANTECIPA O PAGAMENTO DO 13º SALÁRIO DO FUNCIONALISMO PARA SEXTA-FEIRA