GREVE DOS BANCÁRIOS PREVISTA PARA A PRÓXIMA TERÇA-FEIRA

O Sindicato dos Bancários de Campos realiza, às 9h, desta quinta-feira (1º/09), uma assembleia de avaliação da proposta de 6,5% apresentada na última rodada de negociação entre a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) e o Comando Nacional dos Bancários. A negociação é considerada muita aquém do que a inflação do período que é de 9,5% e, por isso, há o indicativo de greve geral a ser deflagrada a partir da zero hora da próxima terça-feira (06/09). Até agora foram quatro rodadas de negociação — a última aconteceu na segunda-feira (29/08) — porém, segundo a categoria, nenhuma das propostas apresentadas atendem as reivindicações apresentadas na minuta que foi entregue a Fenabam no dia 09 de agosto. “Diante da intransigência dos banqueiros em negociar de forma séria, não há outra alternativa que não seja uma greve geral dos trabalhadores e trabalhadoras do sistema financeiro”, disse nota enviada pelo Sindicato.  

O indicativo de greve geral será votado na assembleia, que acontecerá no Sindicato dos Bancários. Logo após haverá grande passeata avisando a população para que esteja preparada para a paralisação dos bancários, e como consequência a interrupção do atendimento nos bancos durante o período de greve. Os bancários estão pedindo um reajuste salarial 14,78% (incluindo reposição da inflação mais 5% de aumento real), além de PLR de três salários mais R$8.317,90; piso de R$3.940,24 (equivalente ao salário mínimo do Dieese em valores de junho último); vale alimentação no valor de R$880,00 ao mês (valor do salário mínimo); vale refeição no valor de R$880,00 ao mês; 13ª cesta e auxílio-creche/babá no valor de R$880,00 ao mês.

Há ainda reivindicação para melhores condições de trabalho com o fim das metas abusivas e do assédio moral que adoecem os bancários; fim das demissões, mais contratações, fim da rotatividade e combate às terceirizações diante dos riscos de aprovação do PLC 30/15 no Senado Federal, além da ratificação da Convenção 158 da OIT, que coíbe dispensas imotivadas; Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS) para todos os bancários; auxílio-educação: pagamento para graduação e pós. Fonte: Ururau

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

PADRE ENTREGA CASA FEITA COM DINHEIRO DO DÍZIMO PARA FAMÍLIA POBRE DO INTERIOR POTIGUAR

ELEIÇÕES DIMINUEM 14 DIAS DO HORÁRIO DE VERÃO

APÓS PADRE SER ESFAQUEADO, LOJA DENTRO DE CONVENTO EM CAMPOS É ASSALTADA